fbpx

Iogurte caseiro – versão natural e com frutas

Quero Comida de Verdade

Preparar iogurte caseiro é surpreendentemente fácil

É isso mesmo que você leu! Fazer o seu próprio iogurte em casa é super fácil, além disso, conta com vários benefícios:

  • É super econômico,
  • Os ingredientes são os selecionados por você,
  • Adoçar ou não adoçar fica a seu critério,
  • Na próxima leva de iogurte caseiro você só precisará de leite.
Iogurte caseiro
Iogurte caseiro

Qual o tipo de leite necessário para preparar o iogurte caseiro?

Testamos esta receita com leite refrigerado e UHT, de diversos tipos (desnatado, sem lactose e integral).

Todos os resultados foram igualmente bons, com o leite sem lactose e o integral obtivemos melhores resultados na textura, apesar de o desnatado abaixo das expectativas.

Em outras palavras, escolha um leite de qualidade para obter bons resultados. A receita deste iogurte é simples mas o resultado vai depender da qualidade dos ingredientes.


A função das bactérias na receita de iogurte

Como nossa intensão era investigar todas as possibilidades para fazer iogurte caseiro, fizemos dois testes com culturas de bactérias:

Iogurte industrializado

Fizemos com iogurte integral para o leite integral e o iogurte desnatado para o leite desnatado.

É importante reforçar que caso você utilize o iogurte de supermercado observe os ingredientes, uma vez que, existem opções que nem iogurte são.

Para nossa receita funcionar deve constar nada mais que leite e fermento lácteo, ou seja, fuja dos que contém emulsificante ou outros tipos de ingredientes, bem como adoçantes ou sabor artificial tanto quanto natural.

Fermento lácteo probiótico:

Este sachê de fermento lácteo você encontra em supermercados ou lojas de alimentos naturais.

Cada sachê fermenta 1 litro de leite.

Utilizei o fermento lácteo tanto no leite integral e desnatado tanto quanto no leite sem lactose.

O resultado foi um iogurte mais firme que o preparado com iogurte industrializado, ou seja, pode ser uma opção melhor para quem busque essa consistência.

Iogurte caseiro
Iogurte caseiro

Preciso de uma iogurteira para preparar o iogurte caseiro?

Você é da época que os programas da tarde tinha a estrela da iogurteira em quase todos os intervalos? Eu sou!

E confesso que sonhava com aquela máquina, principalmente por ver aquele iogurte super firme que ela apresentava.

Não comprei a iogurteira, porém, aprendi a preparar o meu iogurte com o que tenho disponível em casa.

Você precisará ou de uma caixa térmica ou de uma garrafa térmica, as duas funcionam de maneira idêntica, mantendo o calor do leite ao fermentar.


Na garrafa térmica:

Antes de levar o leite ao fogo, ferva um litro de água e deixe na garrafa térmica para aquece-la internamente.

As bactérias se multiplicam no leite morninho, dessa forma manter ele aquecido é importante, por isso esta etapa é fundamental.

Na caixa térmica:

Mesma técnica utilizada na garrafa térmica.

Ferva um ou dois litros de água dependendo do tamanho da sua caixa, transfira a água para uma vasilha resistente ao calor e acomode-a dentro da caixa térmica para criar um bom climinha para seu leite fermentar bem.

Preciso de termômetro para preparar a receita de iogurte natural?

Iogurte caseiro
Iogurte caseiro

Eu recomendo muito que você tenha um termômetro culinário em casa, mas isso não significa que você precisará necessariamente de um, porém, desse modo você conseguirá ler a temperatura do leite mais facilmente.

Caso não tenha termômetro culinário, leve 500 ml de leite ao fogo e deixe em fogo alto até aparecer as bolhas que antecedem o ferver do leite.

Logo após, adicione a outra metade do leite em temperatura ambiente e chegaremos próximo da temperatura ideal para a reprodução das bactérias.

Qual o prazo de validade do iogurte caseiro?

Antes de mais nada é importante dizer que por não conter conservantes o iogurte natural caseiro tem validade menor comprado ao industrializado.

Por isso, na geladeira o iogurte se conserva bem por até 7 dias.

Se perceber que não conseguirá consumir neste prazo, bata com sua fruta predileta e transforme em picolé, assim sendo, no freezer o picolé tem validade de até 90 dias.

Como saborizar meu iogurte caseiro?

Esta resposta é fácil!

Use sua imaginação e bata no liquidificador com a fruta que mais te agradar, com toda certeza você descobrirá um sabor mais agradável que o seu queridinho do supermercado.

Com a finalidade de te ajudar fiz duas experiências com frutas:

Iogurte caseiro com frutas
Iogurte caseiro com frutas

Vitamina de frutas:

  • 1 litro de iogurte natural caseiro
  • 2 bananas nanica
  • 1 maçã
  • 1 mamão papaia
  • 3 morangos

Bata tudo no liquidificador, coe com a finalidade de obter um iogurte sem pedacinhos.

Não é necessário adoçar, é provável que o açúcar das frutas já façam o papel de adoçar seu iogurte, prove e posteriormente se achar necessário adoce.


Iogurte caseiro com frutas
Iogurte caseiro com frutas

Batida de iogurte caseiro com maracujá:

  • 1 litro de iogurte caseiro
  • 1 maracujá azedo
  • 4 colheres de mel

Bata todos os ingredientes no liquidificador, prove e se necessário acrescente mais mel ou o adoçante que escolher.

Preparei estes dois iogurtes só para exemplificar.

Em outras palavras, troque as frutas por frutas da estação ou de sua preferência.

Confira a receita

4.0 from 1 reviews
Iogurte caseiro - versão natural e com frutas
 
Tempo de preparo
Tempo de cozimento
Tempo total
 
Autor: arianapazzini.com.br/
Ingredientes
  • 1 litro de leite
  • Um pote de iogurte industrializado ou 1 sachet de fermento lácteo
  • 1 xícara (de chá) de leite em pó
Modo de Preparo
  1. Aqueça com água quente a garrafa ou caixa térmica
  2. Adicione na panela e leve ao fogo alto até atingir a temperatura de 95°C
  3. Abaixe a temperatura do leite agitando o leite com a colher de pau até chegar na temperatura de 45°C
  4. Se estiver utilizando o fermento lácteo, adicione o conteúdo de 1 sachê direto no leite morno, caso esteja utilizando o iogurte natural tempere o iogurte com uma concha do leite morno, dissolva o iogurte no leite e depois verta junto ao leite morno
  5. Mexa com a colher de pau até dissolver todo o iogurte/fermento no leite, transfira para uma garrafa de vidro e leve para a caixa de isopor ou garrafa térmica (neste caso pule a instrução de colocar em uma garrafa de vidro antes
  6. Deixe seu iogurte no quentinho de 4 – 12 horas, quanto mais tempo mais azedo ficará seu iogurte
  7. Transfira para a garrafa de vidro caso tenha feito com a garrafa térmica e leve para a geladeira por no mínimo 6 horas
  8. Saborize seu iogurte, se quiser deixa-lo mais cremoso bata no liquidificador com 1 xícara de leite em pó
Informações Adicionais
Equipamentos necessários:
- caixa térmica ou garrafa térmica
- panela alta
- colher de pau
- termômetro culinário
- garrafa de vidro de 1 litro
Observações
- Lembre de utilizar o leite em pó de acordo com o leite utilizado (por exemplo: Leite em pó sem lactose para o iogurte sem lactose)
- Deixe a vasilha de água quente dentro da sua caixa térmica a fim de manter a temperatura.
Porção
Serve: 1 litro


Quer saber mais sobre comida de verdade?

Temos um grupo só para falar de comida de verdade, com conteúdo exclusivo. Para fazer parte, clique aqui ou na imagem abaixo!

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =

O que acharam:  

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comment
  • Raiany Marques
    setembro 8, 2019

    Noossa!! Eu amo iorgute, com essas dicas vou testar aqui em casa!! Adorei Obrigada pela receita!!

Anterior
Safra de setembro
Iogurte caseiro – versão natural e com frutasIogurte caseiro – versão natural e com frutas